Página Inicial

Como se tornar Freelancer e ter sucesso?


Como se tornar freelance


Quem não sonha com a possibilidade de trabalhar de casa e fazer o próprio horário? Esse cenário não é coisa de filme, muito menos de gente rica. Você pode sim ter um trabalho remoto, nós vamos explicar como.


No marketing digital e em muitas atividades online, você pode trabalhar remotamente e isso abre a possibilidade para você ser um freelancer. Ou seja, trabalhar de forma independente, prestando serviços a diversas empresas e empregadores sem vínculo de trabalho permanente.


As profissões mais comuns com essas características são as de: fotógrafos, tradutores, jornalistas, publicitários, arquitetos, designers e profissionais do marketing em geral.


Se você se encaixa em uma dessas profissões, você pode deixar seu emprego e tornar-se um freelancer.

Passo a passo para ser um freelancer


Em primeiro lugar, não peça demissão, sem antes começar a atender algumas empresas. Trabalhos não irão cair do céu. Convém, por exemplo, já ter uma carreira consolidada e um certo nome no mercado. Por quê? Porque assim você já terá uma certa carta de clientes em potencial.


Então, o primeiro passo é consolidar-se como freelancer. Você pode fazer isso melhorando o seu perfil no Linkedin, atualizando o seu currículo, especializando-se em uma área mais específica e até abrindo uma Microempresa Individual (MEI).


Aliás, emitir o MEI é fundamental para ser independente, pois ele lhe permitirá emitir notas fiscais.


Criando seu próprio negócio


Quando você decidir que está pronto para apostar em si mesmo, crie o seu próprio negócio. Uma boa ideia é fazer uma página no Facebook, no Linkedin e no Instagram para divulgar o seu produto ou serviço.


Com isso, mais pessoas poderão ter acesso ao seu portfólio profissional e poderão compartilhar o seu trabalho com outras. Isso lhe trará visibilidade e prospecções. Faça tudo de forma simples, porém profissional.


Considere também fazer um site, de preferência otimizado para motores de busca. Assim as pessoas poderão encontrar os seus serviços através de uma pesquisa no Google por exemplo.


E, por fim, organize-se para conseguir manter o seu fluxo de trabalho dentro dos horários que definiu para trabalhar. Faça a sua gestão para que consiga dar conta dos prazos exigidos pelas empresas e tenha controle daquilo que deve cobrar de clientes.




Use boas ferramentas para ser um Freelancer de Sucesso




Ser freelancer parece fácil, mas não é tarefa simples. Quando se decide trabalhar de forma independente, você não possui ninguém para atuar como os seus recursos humanos.

Portanto, você precisará de ajuda e uma ótima forma de obtê-la é usar ferramentas de gestão de conteúdo.

O Evernote é um dos melhores aplicativos para isso. Nele você pode gerir o fluxo de trabalho, dividir o que você está fazendo com outras pessoas, delegar e até compartilhar briefings com clientes.

Não se esqueça também que o seu e-mail será o seu melhor amigo e, logo, deverá ser sempre profissional. Se o seu e-mail ainda é aquele endereço de quando você tinha quinze anos ou ainda andava na faculdade, faça outro para atuar como freelancer.

Inscrever-se em plataformas e grupos específicos de freelancers também ajudará você a encontrar trabalhos que pode realizar.

Vale também investir nos melhores notebooks para trabalhar tranquilo, sem chance de perder tudo ou seu PC travar.


Quais as desvantagens de ser um Freelancer



Muita gente esquece deste ponto quando quer saber como se tornar freelancer. Todavia é preciso sempre colocar os prós e contras na mesa antes de tomar uma decisão como esta.

Ser um trabalhador autônomo tem muitas vantagens, mas também tem desvantagens e são elas:

1. Você não terá mais um salário fixo mensal


Os seus ganhos vão variar mensalmente conforme a quantidade de serviços que você prestará.


Então é bom você se organizar bem antes de começar, pois pode ter meses com menos movimento e outros com entrada de recursos.

2. Adeus benefícios



Férias remuneradas, vale transporte, vale alimentação e décimo terceiro não existem para freelancers. Porém existe sim licença saúde e maternidade se você tem MEI aberta.
Sim, você perder aqueles benefícios normais de ter a carteira assinada, porém poderá ter mais vantagens se almoçar todos os dias em casa e não precisar perder tempo de deslocando até o local de trabalho.

3. Horário flexível


Mas essa não era a principal vantagem? É e também pode ser uma desvantagem. Tudo vai depender de você e do seu nível de organização e autocontrole.

Não ter um horário fixo significa que você pode trabalhar em qualquer altura do dia.

E acaba por permitir também mais procrastinação. Não deixe o trabalho acumular e tenha cuidado na hora de aceitar novas propostas sem ter terminado todas as suas tarefas.

4. Responsabilidade redobrada

Se tornar independente também significa ser mais responsável. Você terá de gerir seus lucros, suas contas e seus impostos sozinho.
Também terá de cuidar da imagem dos seus serviços e da administração do trabalho.

Para ter sucesso, você precisará encarar essas responsabilidades de frente. Por isso pense bem antes de mudar de vida!

Organização é Fundamental para ser um Freelancer de sucesso


Para quem é organizado e tem espírito empreendedor, saiba que o mercado de freelancer pode ser um grande atrativo.

Plataformas como Workana, Freelancer, entre outras, podem ajudá-lo a encontrar clientes com facilidade.


Esse Artigo é um guest post feito pelo William da 365 Dicas, em parceria com Cia do Marketing




0 comentários:

Postar um comentário